Segunda-feira, 29 de dezembro de 2014, 21:22:14

Retrospectiva OPA 2014 - Parte II

Confira os projetos especiais e as ações desenvolvidas com parceiros

No ano em que celebrou seu décimo aniversário, a OPA realizou vários eventos e projetos especiais, além dos programas permanentes apresentados na primeira parte desta retrospectiva. Também firmou parcerias e somou esforços a importantes iniciativas em prol do meio ambiente.

Semana do Meio Ambiente

Para celebrar a data, a OPA se juntou à agência Trilhas Interpretativas e à loja Ciclo Cerrado para organizar sessão de grafite com o artista visual nacionalmente reconhecido, Dequete, mesa redonda e pedalada ecológica em trilha com recolhimento de lixo durante o percurso. As ações demonstraram como as práticas esportivas integradas à natureza se relacionam com a filosofia de preservação e educação ambiental.

Parcerias com Rock Nest e Use Huck

Em setembro, a OPA firmou parceria com a marca Rock Nest para o lançamento da coleção de acessórios “Água”. Parte da renda obtida com a venda dos produtos será revertida para a organização. As peças foram apresentadas ao público em um leilão beneficente, que teve 100% da arrecadação revertida para a OPA.

Os 19 itens da coleção foram produzidos em uma liga metálica que não contém níquel ou metais tóxicos e tem consumo energético reduzido. Os nomes por trás da marca Rock Nest são Leo Chaves (da dupla Victor e Leo), sua esposa Tatianna Sbrana e a personal stylist Mei Rose.

Outra parceria firmada em setembro foi com a marca de camisetas Use Huck, mantida pelo apresentador Luciano Huck, para a criação da linha “Preserve”. Os produtos também terão parte do valor arrecadado com sua venda destinada para a OPA.

Projeto Bom Jardim

Em conjunto com o Instituto de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), a OAB e outras organizações da sociedade civil, a OPA faz parte de um projeto para construção coletiva e apresentação de Proposta de Lei de Iniciativa Popular que visa criar a Área de Preservação Permanente Municipal (APPM) do Córrego Bom Jardim, em Uberlândia (MG).

A área abriga uma sub-bacia hidrográfica, responsável pelo abastecimento de 52% da água que atende o perímetro urbano da cidade, e sofre depredação causada por atividades econômicas no local. No momento, o texto da proposta de lei está em fase de elaboração.

Concurso de fotos

Diante da crise de água que afetou todo o país e deixou os reservatórios abaixo da média, a OPA lançou um concurso cultural para alertar sobre a necessidade de preservação dos recursos hídricos e incentivar o consumo consciente.

Os participantes postaram fotos com o elemento água e a hashtag #OpaEuCuido nas redes sociais. Mais de 50 fotos foram enviadas e as vencedoras foram Tawany Roger Vilarinho e Maite Sarasola. O concurso teve como jurado o fotógrafo profissional Roberto Chacur.

Consórcio Águas do Cerrado

A OPA faz parte da plataforma colaborativa “Consórcio Águas do Cerrado”, formada por diversas instituições e empresas com o objetivo de atuar junto aos agricultores localizados neste bioma para promover práticas sustentáveis.

As primeiras ações do grupo, realizadas no fim de 2014, foram a realização de uma palestra sobre o CAR (Cadastro Ambiental Rural) e a confecção de um “calendário ecológico” com dicas ambientais e fotos do Cerrado.

 

Leia mais

Retrospectiva OPA 2014 - Parte I

Retrospectiva OPA 2013

 

 

Leia outras notícias



Dicas

Como diminuir o agrotóxico em sua comida

Leia mais

Como diminuir o agrotóxico em sua comida

Se você ainda não é um consumidor de produtos sem agrotóxicos, seguem algumas dicas para diminuir a presença desses produtos em seu alimento:

Se você ainda não é um consumidor de produtos sem agrotóxicos, seguem algumas dicas para diminuir a presença desses produtos em seu alimento:
 
1. Lave bem legumes, verduras e frutas e deixe-os de molho de 15 a 20 minutos em uma solução de água e vinagre.
 
2. Sempre que possível, descasque legumes e frutas. Você perderá algumas vitaminas, mas pelo menos terá uma alimentação mais segura.
 
3. Os legumes, verduras e frutas da estação possuem menos defensivos e hormônios.
 
4. Legumes muito grandes podem ser resultado de adubação excessiva e estimulantes artificiais.
 
5. Os produtos nacionais e, sobretudo, os de produção regional não requerem tantos pesticidas quanto aqueles que têm que percorrer grandes distâncias e são armazenados por longos períodos de tempo.
 
6. Resíduos de agrotóxicos tendem a se concentrar nos tecidos gordurosos dos animais. Se você evitar o consumo de gorduras animais, diminuirá a ingestão desses produtos.
 
7. No Brasil, os produtos que mais recebem agrotóxicos são: tomate, batata inglesa, morango, uvas rubi e Itália e mamão papaia.
 
8. A ingestão de frutas, legumes e verduras é muito importante para a alimentação. Para evitar o consumo desses tóxicos com segurança, é melhor consumir produtos cultivados sem eles.
 
Fonte: Como cuidar do seu meio ambiente - Coleção Entenda e Aprenda. Unibanco Ecologia, 2002
 

Logotipo da OPATopo

OPA! Organização para a Proteção Ambiental
Av. Marcos de Freitas Costa, 84 - Sala 5
Bairro Daniel Fonseca
CEP 38400-328 - Uberlândia - MG - Brasil

Licença Creative Commons Desenvolvido por FSaldanha Comunicação