Capacitação de Voluntários

Voluntários participam da primeira edição do projeto

 A capacitação de voluntários da OPA visa, como o próprio nome diz, capacitar sócios e voluntários a atuarem em segmentos como: coordenação e atuação de projetos, suporte em eventos, programas e palestras, coordenação da Lojinha OPA em eventos, divulgação da OPA em empresas, universidades, comunidade, entre outros.
 
Além disso, uma vez participantes desse projeto, os voluntários se tornam aptos a atuar no próximo módulo de capacitação de voluntários, que acontece de acordo com o aumento no número de pessoas interessadas.
 
Em 2006, duas edições desse projeto foram realizadas, ambas no Center Convention, em Uberlândia, sendo a primeira em fevereiro e a posterior em dezembro. As atividades tiveram  duas horas de duração e contaram com a presença de aproximadamente 40 pessoas, entre sócios e voluntários, sendo ministradas pela sócia e bióloga Claudia Farnesi e pela sócia e psicólga Carla Farnesi.
 
 

 Voluntária participa de dinâmica de apresentação

 

Conheça outros projetos da OPA



Dicas

Saneamento não é, apenas, obra

Leia mais

Saneamento não é, apenas, obra

Confira esse algo mais

As valas negras a céu aberto, a presença de esgoto dentro ou perto de casa é a maior causa de mortalidade infantil. Toda população brasileira tem direito ao saneamento básico, tirando as águas sujas de perto das crianças.

O segundo passo é tratar o esgoto. Há uma série de soluções, desde a minimalista até a mais completa, para eliminar esse alto risco ambiental e sanitário. A fossa séptica, a fossa com filtro, o sistema de condominial, o sistema misto, a rede de esgotos, a lagoa de estabilização, a oxidação laminar, a estação de tratamento num grau crescente de aprimoração do tratamento, até chegar ao reaproveitamento.

O objetivo é claro: lançar no rio, na galeria pluvial, na lagoa ou no mar apenas o efluente tratado. Saneamento não é, apenas, obra. Sanear também quer dizer instruir, organizar e mobilizar. Governos, comunidades e iniciativa privada devem trabalhar juntos em Conselhos das Águas e outros comitês de gestão de bacias hidrográficas. As águas devem ser taxadas de acordo com seus usos e respectivos impactos.

Logotipo da OPATopo

OPA! Organização para a Proteção Ambiental
Av. Marcos de Freitas Costa, 84 - Sala 5
Bairro Daniel Fonseca
CEP 38400-328 - Uberlândia - MG - Brasil

Licença Creative Commons Desenvolvido por FSaldanha Comunicação