Capacitação dos Motoristas

 Palestra realizada para motoristas do Martins
 
A relação das ONGs OPA e RENCTAS – Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres e a empresa Martins está se tornando, a cada dia, mais sólida. Tanto que, na busca pela conscientização e capacitação dos motoristas nas questões voltadas ao meio-ambiente, o “Seminário de Motoristas do Martins Atacadista”  de 2006 teve como tema "Fortalecendo Relacionamentos, Gerando Soluções", fazendo referencia direta a essa parceria.
 
As atividades com esses profissionais da estrada foram realizadas em nove etapas. A primeira contou com a participação de mais de 80 motoristas e foi ministrada na cidade de Caetanópolis - MG, com a participação das filiais mineiras de Montes Claros e Contagem, além de Cariacica - ES.

Em Uberlândia, foi realizado o segundo evento, com a participação de 200 motoristas das filiais de Campo Grande - MS, Goiânia - GO, Brasília – DF e das paulistas de São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Marília. No total, mais de 850 pessoas, em todo o território nacional, tiveram acesso a esse projeto.
 
Mas não foram somente essas pessoas que se beneficiaram com a capacitação. Com o apoio da OPA, mais de 500 funcionários da Arcom (de cidades como Salvador, São Paulo, Goiânia e Curitiba) tiveram a preservação e a conscientização ambiental como tema de seus encontros.
 
A importância deste projeto se encontra no fato do motorista percorrer as rodovias do País a trabalho e, por isso, possuir contato direto com os mais diversos tipos de vegetação no Brasil. Assim, ele se torna a pessoa ideal para perceber o quanto a caatinga no Nordeste e o cerrado no Sudeste, por exemplo, estão sendo devastados. Ele se torna, por excelência, o guardião de várias espécies da flora brasileira.
 
Além das plantas, os animais também precisam de uma atenção especial, pois o tráfico de animais silvestres aumenta a cada dia no País, sendo que o transporte ilegal desse crime é feito no local de trabalho desse profissional: nas rodovias.

Dener Giovanini é um dos colaboradores desse projeto

Dessa forma, ao longo de 2006, a bióloga e coordenadora da OPA, Ana Paula Korndorfer e o coordenador da RENCTAS, Dener Giovanini, discutiram e orientaram os motoristas a respeito de educação ambiental e preservação do meio-ambiente e animais silvestres, com o intuito de capacitá-los como agentes ambientais para denunciarem, mobilizarem e conscientizarem demais pessoas quanto aos maus tratos que a natureza recebe diariamente.
 
Nas outras sete etapas em que Ana Paula e Dener Giovanini não puderem comparecer, OPA e RENCTAS foram muito bem representadas pelo idealizador e coordenador do evento, Wallace Martins Guimarães, analista de Recursos Humanos do Martins.
 

 

Conheça outros projetos da OPA



Dicas

Saneamento não é, apenas, obra

Leia mais

Saneamento não é, apenas, obra

Confira esse algo mais

As valas negras a céu aberto, a presença de esgoto dentro ou perto de casa é a maior causa de mortalidade infantil. Toda população brasileira tem direito ao saneamento básico, tirando as águas sujas de perto das crianças.

O segundo passo é tratar o esgoto. Há uma série de soluções, desde a minimalista até a mais completa, para eliminar esse alto risco ambiental e sanitário. A fossa séptica, a fossa com filtro, o sistema de condominial, o sistema misto, a rede de esgotos, a lagoa de estabilização, a oxidação laminar, a estação de tratamento num grau crescente de aprimoração do tratamento, até chegar ao reaproveitamento.

O objetivo é claro: lançar no rio, na galeria pluvial, na lagoa ou no mar apenas o efluente tratado. Saneamento não é, apenas, obra. Sanear também quer dizer instruir, organizar e mobilizar. Governos, comunidades e iniciativa privada devem trabalhar juntos em Conselhos das Águas e outros comitês de gestão de bacias hidrográficas. As águas devem ser taxadas de acordo com seus usos e respectivos impactos.

Logotipo da OPATopo

OPA! Organização para a Proteção Ambiental
Av. Marcos de Freitas Costa, 84 - Sala 5
Bairro Daniel Fonseca
CEP 38400-328 - Uberlândia - MG - Brasil

Licença Creative Commons Desenvolvido por FSaldanha Comunicação